Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes

246/292

Receber para dar

O estudo da Bíblia em nossas escolas dará aos alunos vantagens especiais. Os que recebem no coração os santos princípios da verdade, trabalharão com crescente energia. Circunstância alguma poderá alterar sua decisão de atingir a mais elevada norma possível. E o que receberam, transmitirão aos outros. À medida que eles próprios bebem da fonte de água viva, deles manarão correntes vivas para beneficiar e refrigerar a outros. CP 450.2

O diligente estudante da Bíblia crescerá continuamente em conhecimento e discernimento. Seu intelecto apreenderá elevados assuntos, e apoderar-se-á da verdade das realidades eternas. Justos serão seus motivos de ação. Empregará o talento de sua influência para ajudar outros a compreenderem mais perfeitamente as responsabilidades que lhes são dadas por Deus. Seu coração será perene fonte de alegria ao ver o êxito que lhe assiste aos esforços de comunicar a outros as bênçãos por ele recebidas. CP 450.3

O talento do conhecimento, santificado e posto em uso no serviço do Mestre, jamais será perdido. O abnegado esforço de fazer o bem será coroado de êxito. “Somos cooperadores de Deus.” 1 Coríntios 3:9. O Senhor cooperará com o obreiro humano. A Ele devem ser tributados a glória e o louvor pelo que formos capazes de realizar. CP 451.1

O Senhor é desonrado pelo desperdício ou pela perversão dos talentos por Ele confiados aos homens. É dever e privilégio do cristão desenvolver seus talentos. Cristo deu a própria vida a fim de comprar para o homem o privilégio de ser cooperador de Deus. Todavia milhares de pessoas que receberam muita luz e muitas oportunidades, não se apoderam das bênçãos postas ao seu alcance. CP 451.2

Unicamente a educação que leva ao conhecimento do valor dado por Deus à humanidade, é sã e essencial. Deve-se ensinar aos alunos de nossas escolas que eles são de valor aos olhos de Deus, que foram comprados por infinito preço. Deve-se-lhes fazer compreender a importância de empregar devidamente toda faculdade de seu ser. Devem-se revestir de Cristo; então todas as suas energias serão empregadas em perseverante e esforçado labor ao Seu serviço. CP 451.3

Deve-se ensinar aos alunos a ajudarem os que necessitam de animação. Ao buscarem ajudar a outros, crescerão eles próprios “na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2 Pedro 3:18), e sua eficiência aumentará. “Vós sois lavoura de Deus.” 1 Coríntios 3:9. Os cristãos só cumprirão o desígnio de Deus a seu respeito, ao crescerem em conhecimento, devolvendo-Lhe em zeloso serviço os dons que receberam. CP 452.1