No Deserto da Tentação

29/30

Capítulo 28 — Espiritismo

Os espiritualistas tornam muito atraente o caminho para o inferno. Espíritos das trevas são por estes ensinamentos mentirosos, vestidos com o manto puro do Céu, e têm o poder de enganar aqueles que não estão fortalecidos na verdade bíblica. DT 104.1

Vã filosofia é empregada para representar o caminho do inferno como uma vereda segura. Com a imaginação altamente formada e vozes musicalmente harmoniosas apresentam o caminho largo como uma felicidade e glória. A ambição toma conta dessas almas iludidas e assim como Satanás se apresentou a Eva, apresenta-lhes a liberdade e a felicidade como jamais conceberam que fosse possível. São aplaudidos os homens que viajam pela caminho largo do inferno, e após a morte são exaltados às mais altas posições no mundo eterno. DT 104.2

Satanás, vestido em seu manto resplandecente, aparecendo como um exaltado anjo, tentou o Redentor do mundo, mas sem êxito. Quando, porém, aparece ao homem vestido como anjo de luz, tem mais êxito. Ocultando os seus terríveis propósitos, torna-se bem-sucedido em iludir os incautos que não estão firmemente ancorados na verdade eterna. DT 104.3

Riqueza, poder, genialidade, eloqüência, orgulho, razão pervertida e paixão são agentes de Satanás para fazer a sua obra de tornar atraente a estrada larga, coberta de flores tentadoras. Mas toda palavra que eles falarem contra o Redentor do mundo, recairão sobre eles e um dia serão queimados com sua alma culpada, como chumbo derretido. Serão dominados de terror e vergonha ao verem o exaltado Senhor vindo sobre as nuvens do Céu com poder e grande glória. Então o arrogante desafiador que se levantou contra o Filho de Deus se verá a si mesmo na verdadeira escuridão de seu caráter. A vista da indizível glória do Filho de Deus será intensamente dolorosa para aqueles cujo caráter está manchado pelo pecado. A pura luz e glória que emanam de Cristo despertarão remorso, vergonha e terror. Enviarão lamentações de angústia às rochas e montanhas: “Caí sobre nós, e escondei-nos da face dAquele que Se assenta no trono, e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande dia da ira dEles; e quem é que pode suster-se?”41 DT 104.4

Espiritualistas afirmam ter luz e poder superiores. Abriram a porta e convidaram o príncipe das trevas a entrar, tornando-o seu hóspede de honra. Aliaram-se aos poderes das trevas que se estão desenvolvendo nestes últimos dias em sinais e maravilhas que, fosse possível, enganariam até os escolhidos. Os espíritas dizem que podem fazer maiores milagres do que fez Cristo. Foi esta a ostentação de Satanás diante de Cristo. Pelo fato de o Filho de Deus tomar sobre Si a fraqueza humana e ser tentado em todos os pontos como deve ser tentado o homem, Satanás exultou e escarneceu dEle. Blasonava sua superioridade e O desafiava a uma controvérsia aberta. DT 105.1

Os espíritas estão aumentando em número. Aproximam-se das pessoas que têm a verdade, como Satanás veio a Cristo, tentando-as a manifestar o seu poder, a fazer milagres e a dar evidências de que são seres favorecidos por Deus, e um povo que tem a verdade. Satanás disse a Cristo: “Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães.”42 Herodes e Pilatos pediram a Cristo que operasse milagres, quando esteve em julgamento perante eles. Sua curiosidade estava viva, mas Cristo não operou nenhum milagre para satisfazê-la. DT 106.1

Os espíritas irão pressionar a questão a fim de entrar em controvérsia com os ministros que ensinam a verdade. Se declinarem serão desafiados. Citam as Escrituras como fez Satanás em relação a Cristo: “Examinai tudo”,43 dizem eles. Mas a sua idéia de examinar tem a finalidade de induzir as pessoas a ouvir suas apresentações enganosas e assistir às suas reuniões. Todavia, em suas reuniões os anjos das trevas assumem a forma de amigos mortos e se comunicam com eles, como anjos de luz. DT 106.2

Os seus amados aparecerão em mantos de luz, tão familiares à vista como quando estiveram na Terra. Ensiná-los-ão e conversarão com eles. E muitos serão enganados por esta maravilhosa apresentação do poder de Satanás. A única segurança para o povo de Deus é estar completamente familiarizado com a Bíblia e conhecer os ensinamentos de nossa fé concernentes aos que dormem na morte. DT 106.3

Satanás é um astucioso inimigo. Não é difícil para os anjos do mal representar tanto os santos como os pecadores que já morreram e tornar visíveis estas representações aos olhos humanos. Estas manifestações serão mais freqüentes, e o seu incremento de caráter mais assustador, ao aproximar-se mais o fim dos tempos. Não precisamos ficar atônitos diante de nenhuma forma de engano, que fascina os incautos e enganaria, se possível, todos os escolhidos. Os espíritas citam: “Examinai tudo.” Mas Deus tem, para o benefício de Seu povo que vive no meio dos perigos dos últimos dias, examinado esta classe e dado o resultado do Seu julgamento. DT 107.1

“Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.” 2 Tessalonicenses 2:9-12. DT 107.2

João, na Ilha de Patmos, viu as coisas que deveriam ocorrer na Terra nos últimos dias. Apocalipse 13:13; 16:14. “Também opera grandes sinais, de maneira que até fogo do céu faz descer à Terra, diante dos homens.” “Porque eles são espíritos de demônios, operadores de sinais, e se dirigem aos reis do mundo inteiro com o fim de ajuntá-los para a peleja do grande dia do Deus todo-poderoso.” DT 107.3

O apóstolo Pedro aponta distintamente a classe que será manifestada nestes últimos dias. DT 108.1

“Especialmente aqueles que, seguindo a carne, andam em imundas paixões e menosprezam qualquer governo. Atrevidos, arrogantes, não temem difamar autoridades superiores, ao passo que anjos, embora maiores em força e poder, não proferem contra elas juízo infamante na presença do Senhor. Esses, todavia, como brutos irracionais, naturalmente feitos para presa e destruição, falando mal daquilo em que são ignorantes, na sua destruição também hão de ser destruídos, recebendo injustiça por salário da injustiça que praticam. Considerando como prazer a sua luxúria carnal em pleno dia, quais nódoas e deformidades, eles se regalam nas suas próprias mistificações, enquanto banqueteiam junto convosco; tendo olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecado, engodando almas inconstantes, tendo coração exercitado na avareza, filhos malditos.” 2 Pedro 2:10-14. DT 108.2

Deus, em Sua Palavra, colocou o Seu selo [de condenação] sobre as heresias do espiritualismo, como colocou a marca sobre Caim. Os piedosos não precisam ser enganados se são estudantes das Escrituras e obedientes, ao seguir o caminho claramente indicado a eles na Palavra de Deus. DT 108.3

O espiritualismo, presumido, reivindica grande liberdade e em linguagem macia e florida procura fascinar e enganar as almas incautas a fim de que escolham a estrada larga do prazer e da condescendência pecaminosa, em vez do caminho estreito e reto. Os espiritualistas denominam os requisitos de Deus de lei de servidão e dizem que aqueles que lhes obedecem vivem uma vida de medo escravizador. Com palavras suaves e discursos bonitos ostentam sua liberdade e procuram cobrir suas heresias perigosas com as vestimentas da justiça. Fazem com que os mais revoltantes crimes sejam considerados como bênçãos para a raça humana. DT 108.4

Abrem diante do pecador uma porta larga a fim de incitar o coração carnal a violar a lei de Deus — especialmente o sétimo mandamento. Aqueles que falam estas grandes palavras bombásticas de ostentação, que triunfam na liberdade de seus pecados, prometem àqueles a quem ludibriam o prazer da liberdade no curso da rebelião contra a vontade revelada de Deus. Estas almas enganadas se colocam sob a mais variada escravidão de Satanás e são controladas pelo seu poder; contudo, prometem liberdade àqueles que ousam seguir o mesmo curso de pecado que eles mesmos escolheram. DT 109.1

As Escrituras são de fato cumpridas neste ponto de um cego guiando outro cego. Aquele que os vence os reduz à escravidão. Estas almas enganadas estão debaixo da mais abjeta escravidão, à vontade dos demônios. Aliaram-se aos poderes das trevas e não têm força para contrariar a vontade dos demônios. Esta é a sua jactanciosa liberdade. Por meio de Satanás são vencidos e postos sob servidão e aqueles a quem prometem grande liberdade são enganados e se tornam escravos desesperançados do pecado e de Satanás. DT 109.2

Não devemos assistir às suas reuniões e muito menos nossos pastores devem entrar em controvérsia com eles. Pertencem àquela classe específica, a qual não devemos convidar para nossa casa nem saudá-los. Temos de comparar os seus ensinos com a vontade revelada de Deus. Não nos devemos empenhar numa investigação do Espiritismo. Deus já investigou isto por nós e nos diz definitivamente que é uma classe que se levantará nos últimos dias, negando a Cristo, que os comprou com o Seu próprio sangue. O caráter dos espíritas é descrito tão plenamente que não precisamos ser enganados por eles. Se obedecemos à prescrição divina, não deveremos ter simpatia pelos espíritas apesar de suas palavras suaves e favoráveis. DT 110.1

O amado João continua sua admoestação contra os sedutores: “Quem é o mentiroso senão aquele que nega que Jesus é Cristo? Este é o anticristo, o que nega o Pai e o Filho. Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho, tem igualmente o Pai.”44 DT 110.2

Paulo, em sua Segunda Epístola aos Tessalonicenses, exorta a estarmos alerta e não nos afastarmos da fé. Ele está falando da vinda de Cristo como um evento que ocorrerá imediatamente após o trabalho de Satanás por intermédio do Espiritismo, nas seguintes palavras: “Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.”45 DT 110.3

Na Epístola de Paulo a Timóteo ele prediz o que se manifestará nos últimos dias. E esta admoestação foi dada em benefício daqueles que viverão quando estas coisas estiverem acontecendo. Deus revelou ao Seu servo os perigos da igreja nos últimos dias. Ele escreve: “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que têm cauterizada a própria consciência.”46 DT 111.1

O fiel Pedro fala dos perigos aos quais a Igreja Cristã seria exposta nos últimos dias, e descreve pormenorizadamente as heresias que se levantariam e os sedutores blasfemos que procurariam atrair almas para eles. “Assim como no meio do povo surgiram falsos profetas, assim também haverá entre nós falsos mestres, os quais introduzirão dissimuladamente heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade.”47 DT 111.2

Aqui Deus providenciou para nós as provas desta classe mencionada. Eles recusaram o conhecimento de Cristo como Filho de Deus e não têm mais reverência pelo Pai eterno, do que por Seu Filho, Jesus Cristo. Não têm o Filho nem o Pai. E como seu grande líder, o chefe dos rebeldes, estão em rebelião contra a lei de Deus e menosprezam o sangue de Cristo. DT 111.3

Podemos regozijar-nos em todas as condições da vida e triunfar sob qualquer circunstância, porque o Filho de Deus desceu do Céu e Se submeteu a arcar com as nossas enfermidades e a suportar o sacrifício e a morte a fim de dar-nos a vida imortal. Levará para sempre as marcas de Sua humilhação terrestre em favor do homem. Enquanto a hoste de redimidos e uma multidão de anjos imaculados vão honrá-Lo e adorá-Lo, Ele levará as marcas de alguém que foi morto. Quanto mais plenamente apreciamos o sacrifício infinito feito em nosso favor pelo Salvador, para expiação do pecado, mais nos aproximamos da harmonia com o Céu. DT 112.1